E ela nem sabe a inveja que faz,ela é tão ela e as outras são todas iguais.
give me love
Me bateu uma vontade louca de você.
As vezes estar longe faz com que o coração se apegue ainda mais.
Mateus Yoshitani.  (via futuro-heroi)
Espelho, espelho meu … porque as pessoas se preocupam mais com minha vida do que eu?
Não me abandona não.
Chorão. (via sorriso-so-risos)
Ela é o tipo de garota que acredita no amor, que é capaz de sonhar e não tem medo sobre o que vão pensar disso. Ela esconde os segredos do seu mundo atrás do sorriso e ninguém percebe, ou, quase ninguém. Ela é o tipo de garota que vai te levar pro céu e te trazer de volta em segundos. É o tipo que não se encontra por aí, o tipo de garota que eu nunca vi.
Eduardo Manzini.  (via defeiitos)
Um dia vai dar certo, ah vai.
Tati Bernardi.   (via revelando—se)
Se eu tiver coragem de dizer que eu meio gosto de você. Você vai fugir a pé? E se eu falar que você é tudo que eu sempre quis pra ser feliz. Você vai pro lado oposto ao que eu estiver? Eu queria tanto que você não fugisse de mim. Mas se fosse eu, eu fugia. Ei, vai pegar mal se eu contar que eu imprimi. Todo o seu mapa astral? Você foge assim que der, quando souber? E se eu falar que eu decorei seu RG só pra se precisar. Você vai pra um chalé em Macaé. Eu queria tanto que você não fugisse de mim. Mas se fosse eu, eu fugia. Ei, se eu falar que foi por amor. Que eu invadi o seu computador. Você pega um avião? E se eu contar de uma só vez. Como eu achei sua senha do cartão. Você foge pro Japão, esse verão? Eu queria tanto que você não fugisse de mim. Mas se fosse eu, eu fugia. Ei, se eu contar como é que eu me senti. Ao grampear seu celular. Você vai numa DP? E se eu mostrar o cianureto que eu comprei. Pra gente se matar. Você manda me prender no amanhecer? Eu queria tanto que você não fugisse de mim. Mas se fosse eu, eu fugia
Clarice Falcão, Macaé.  (via defeiitos)
Esse negócio de “eu só me arrependo do que eu não fiz” nunca me emocionou. Arrependa-se de algumas coisas que você fez também. É bonito saber que nem todas as suas decisões foram acertadas. É lindo saber que no meio de tudo o que você julgava perfeito ainda cabia uma parcela considerável de erro. O que você não fez, faça e erre. O que você fez errado, refaça e tente acertar dessa vez. Mas não me venha mais com esse heroísmo de só se arrepender do que não fez: isso é covardia velada.
Eu me chamo Antônio (via versiva)
Sabia que no japão existem três maneiras de dizer “Eu te amo”? Você diz Daisuki para seus amigos e ficantes, diz Aishiteru para um namoro mais sério e Koishiteru para a pessoa com que você quer passar o resto da sua vida. E eles seguem isso à risca. Isso é uma das coisas que eu admiro neles. Eles não banalizaram o “Eu te amo” como nós fizemos.
Era capaz de enxergar flores num local onde só havia arame farpado.
Augusto Cury.     (via tipografado)

FUTURASUICIDA ©